SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Brasil de Fato Pernambuco, um jornal a serviço da classe trabalhadora

Fonte: Ascom Sindsep-PE
08/05/2018





Uma alternativa à mídia empresarial e hegemônica. Assim é a proposta do jornal Brasil de Fato (BdF), uma publicação nacional com algumas edições nos estados. Em Pernambuco, o BdF completou dois anos no final de abril e o projeto deu tão certo que já está sendo expandido para o Sertão do Estado: uma versão regional do jornal, com 10 mil exemplares, será editada mensalmente no Vale do São Francisco. A linha editorial do BdF é a mesma desde a versão nacional, passando pela estadual, até regional: um jornal que atenda os interesses da classe trabalhadora.

“Nosso desafio é produzir um jornal com identidade classista, com uma narrativa anti-patriarcal e anti-racista”, explicou a editora do BdF em Pernambuco, Monyse Ravena, durante evento que marcou o aniversário de dois anos da edição estadual, realizada no dia 26 de abril, no auditório do Sindsep-PE. Além da versão regional no Sertão do Estado, Monyse anunciou como novidades a criação do site do BdF com conteúdo local (brasildefato.com.br/Pernambuco) e mais um programa radiofônico, fruto de um projeto aprovado no edital da rádio Frei Caneca, uma emissora pública administrada pela Prefeitura do Re-cife. Atualmente, o BdF já tem um pro-grama, todos os sábados, na Rádio Globo.

Presente no evento que marcou o aniversário do BdF Pernam-buco, o editor do jornal no Rio de Janeiro, Joaquim Pinheiro, lembrou o propósito que norteou o surgimento da publicação. Segundo Pinheiro a ideia era criar uma alternativa crítica ao neoliberalismo, a partir de um instrumento de comunicação vinculado à classe trabalhadora e aos setores de esquerda. Além de informar, o BdF tem o papel de formar politicamente os leitores. “O Brasil de Fato vem para pensar um projeto de país que queremos. É um instrumento de divulgação do projeto de sociedade da classe trabalhadora”, destacou.

Ao defender o Brasil de Fato, o presidente da CUT Pernambuco, Carlos Veras criticou a mídia hegemônica, classificando-a como misógina e de contribuir com a cultura do estupro. Veras lembrou que o BdF simboliza um sonho dos movimentos sociais, que sempre quis ter uma comunicação unificada. José Carlos Oliveira, coordenador geral do Sindsep-PE, também elogiou a proposta do BdF, destacando a importância de um jornal que faça o contra-ponto à mídia hegemônica, que criminaliza os movimentos sociais e a classe trabalhadora.

O Brasil de Fato Pernambuco é distribuído gratuitamente aos transeuntes que circulam nas estações do metrô, na praça do Derby e na avenida Conde da Boa Vista. São 40 mil exemplares impressos por semana. As pautas contidas no jornal vão desde assuntos políticos, passando por esporte, cultural, economia e o cotidiano da cidade. Sempre com um olhar diferenciado ao presente na mídia empresarial. O Brasil de Fato dá voz a quem não tem voz nos jornais de grande circulação.

ASSINATURA
O Brasil de Fato Pernambuco trabalha também com a assinatura anual. Por apenas R$ 250 (duzentos e cinquenta reais), o assinante recebe o exemplar em sua residência. Lembrando que a publicação é semanal.  

 


« Voltar



Receba Nosso Informativo

X