SAC: (81) 3421.9000

Menu

SINDSEP-PESINDSEP-PE

Notícias

EDITORIAL: Rumo à Greve Geral do dia 30 de junho

Fonte: Ascom Sindsep-PE
16/06/2017





O próximo dia 30, o Brasil vai parar. Vai repetir o que aconteceu em 28 de abril e fará uma nova greve geral contra as reformas que retiram direitos da classe trabalhadora, em curso no Congresso Nacional, e contra o governo Temer, esse sim, o mais corrupto que o país já teve. Será uma mobilização nacional, envolvendo todas as categorias de trabalhadores, tanto do campo quanto da cidade, do serviço público ou da iniciativa privada. Será um NÃO coletivo às reformas da Previdência e trabalhista e um SIM às Diretas Já! 

Como uma prévia do dia 30, está previsto um Esquenta Greve Geral, nesta terça-feira, dia 20, uma espécie de Dia Nacional de Mobilização. Nesta data, haverá atividades em todos os estados, com panfletagens convocando para a greve geral e atos públicos para denunciar as reformas contrárias aos trabalhadores.

Além disso, o Sindsep-PE inicia esta semana, uma série de assembleias nos órgãos da base para deliberar sobre a adesão à greve, mobilizar os servidores nos órgãos para a paralisação e também repassar os informes da Campanha Salarial da categoria . Nesta segunda, dia 19 de junho, às 9h30, tem assembleia no Incra Recife. Na terça, 20, às 9h, na II Geres, em Limoeiro, para os servidores da Funasa lotados naquela cidade. Na quarta, 21 de junho, os servidores civis do Ministério da Defesa estão sendo convocados para participar de uma assembleia no auditório do Sindsep. Será às 17h30, em primeira convocação e, às 18h, em segunda convocação. O Sindsep orienta os filiados que acompanhem os informativos do sindicato porque em breve serão divulgadas novas datas de assembleia. 

Lembrando que na última terça-feira, 14 de junho, em plenária nacional, os servidores da base da Condsef/Fenadsef, a qual o Sindsep-PE é filiado, deliberaram pela participação da entidade na Greve Geral do dia 30 de junho. A categoria está em Campanha Salarial há mais de quatro meses, mas não avança nas negociações, dentre outros motivos, por causa da Emenda Constitucional (EC) 95, a Lei do Teto criada pelo governo Temer, que limita os investimentos no serviço público por 20 anos. 

“O único caminho é a luta e não temos tempo a perder. Agora temos que nos mobilizar para tirar esse governo, antes que ele aprove essas reformas devastadoras. Precisamos lutar também por eleições diretas porque esse congresso não tem moral alguma para escolher o próximo presidente”, enfatiza a coordenadora geral do Sindsep-PE, Graça Oliveira.


« Voltar

Últimas Notícias


Mais notícias »

Receba Nosso Informativo

X