SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Quinta (17) e sexta (18) tem eleição para os conselhos deliberativo e fiscal da Capesesp

Fonte: Ascom Sindsep-PE
15/05/2018





O Sindsep-PE convida todos os servidores, usuários da Capesesp, a participarem nesta quinta e sexta-feira, dias 17 e 18 de maio, da eleição para a escolha dos novos conselhos deliberativo e fiscal da entidade. A votação será exclusivamente pela internet, através do site www.capesesp.com.br. Os associados já receberam um senha para votar. Esse número é exclusivo e confidencial, mantenha-o guardado. Caso você tenha perdido, extraviado ou não tenha recebido essa numeração, entre em com a central telefônica através do 0800 979 6191.

A Capesesp é a uma caixa de previdência e assistência, que atende servidores da Funasa, Ministério da Saúde, Anvisa, UFPE, UFCG, Ibram e IFPE. A entidade já existe há 60 anos. De início funcionava apenas como caixa de pecúnio, mas hoje seu principal produto é a Capesaúde, um plano de saúde de autogestão. Atualmente, a assistência médica atende 70 mil vidas, entre titulares e beneficiários, em todo o país.

A Condsef/Fenadsef, assim como o Sindsep-PE, apoiam a Chapa 2 Juntos em defesa da Capesesp, encabeçada por Leonídia Laranjeira Fernandes (BA) e Carlos Alberto de Almeida (MT), ambos da Funasa. Na plataforma de campanha está o fortalecimento da Capesesp, com transparência, mensalidades mais acessíveis e, consequentemente, melhoria no atendimento. Para isso, uma das principais reivindicações do grupo é o aumento da coparticipação do governo. 

Quando o plano Capesaúde foi criado há 27 anos, o governo arcava com a maior parte do valor. Hoje, os servidores custeiam 85% do plano e o governo só entra com 15%. A principal reivindicação do grupo é o custeio igualitário, 50% dos servidores e 50% do governo.

“Peço o voto de cada associado para a Chapa 2, pois ela representa mudanças radicais na gestão, como por exemplo, lutar contra os reajustes abusivos do plano e para que a contribuição per capita seja paritária”, ressalta o secretário geral da Condsef/Fenadsef, Sérgio Ronaldo.

“Precisamos nos manter no conselho para mantermos uma voz dentre as cinco. Além de defender a manutenção do plano de saúde, vamos defender os trabalhadores. Levar à Capesesp a pauta da categoria”, frisa Carlos Alberto de Almeida, que concorre a vaga do Conselho Fiscal, enquanto Leonídia Laranjeira Fernandes, a do Conselho Deliberativo.

Também é proposta da Chapa 2, ampliar a rede credenciada, principalmente no interior; criar planos economicamente mais acessíveis; flexibilizar a renegociação de dívidas dos beneficiários; acompanhar e fiscalizar o programa de saneamento financeiro da Capesesp; propor a ampliação da lista de medicamentos com menor custo para os usuários; reestruturar e melhorar a comunicação com os associados; e dar mais autonomia às gerenciais regionais de modo a reduzir a dependência com a matriz para a resolução de problemas locais.

OBS: Informações atualizadas às 10h25 do dia 16 de maio de 2018.


« Voltar



Receba Nosso Informativo

X