SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Servidores da saúde debatem eixos específicos

Fonte: Condsef
06/02/2015



Representantes dos servidores públicos federais da área de saúde estão fechando os eixos centrais que vão permear as discussões da mesa nacional de negociação do setor em 2015. Integrantes da Condsef, Fenasps e CNTSS participaram, no último dia 4, de uma oficina de planejamento da Mesa Nacional de Negociação Permanente do Ministério da Saúde, com a participação de representantes dos ministérios da Saúde e do Planejamento.

No dia 4 de março, acontecerá uma nova reunião da mesa de negociação, cujo objetivo é fechar os eixos centrais, o calendário de 2015 e debater os resultados dos primeiros encontros do ano dos Grupos de Trabalho (GTs).

Durante o encontro que aconteceu no dia 4, também foi feito o acompanhamento e monitoramento do andamento das mesas locais nos estados. Grupos de trabalho que vão discutir carreira, Saúde Indígena, Gacen e Gecen também tiveram a definição de suas pautas com reuniões que devem começar na última semana de fevereiro.

“Já foi criada a mesa de negociação coletiva de Pernambuco. Em breve, será realizada a primeira reunião para dar início aos trabalhos de discussão em torno das demandas da categoria”, informa o diretor do Sindsep, Ramilson da Silva Matos (foto), servidor do Ministério da Saúde. Assim que o relatório final da oficina de planejamento for concluído, ele será encaminhado às entidades filiadas à Condsef, que ficarão responsáveis de repassar os informes aos servidores do setor.

Gacen e MI 880 

A Condsef aproveitou a presença dos representantes do Ministério da Saúde, durante a oficina de planejamento da Mesa Nacional de Negociação, para registrar duas situações consideradas graves e que precisam de debate urgente.

A primeira diz respeito à Gacen, onde relatórios mensais continuam sendo exigidos para liberação de pagamento ao servidor. A outra situação denunciada são as propostas recebidas por servidores para abrir mão do direito à contagem de tempo especial para aposentadoria prevista pelo Mandato de Injunção (MI) 880 para terem o direito de se aposentar. Estão propondo a renúncia a um direito para a conquista de outro. O que é inaceitável.

Os representantes do Ministério da Saúde pediram um tempo para verificar o que está acontecendo e se comprometeram a chamar a Condsef na próxima semana para discutir esses temas.

“Em Pernambuco, temos 30 companheiros aposentados que receberam uma notificação, por meio de correspondências, para fazer uma revisão nas aposentadorias. O Sindsep-PE já preparou uma defesa e encaminhou para o Ministério da Saúde, que está fazendo a revisão junto ao seu Jurídico”, comentou Ramilson Matos.

Continue acompanhando as informações sobre as negociações com os servidores da saúde e demais áreas pelos nossos informativos e no site do Sindsep-PE, além do facebook e do twitter. Fique bem informado acessando nossas plataformas na internet.
 
« Voltar

Receba Nosso Informativo

X