SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

#28 Out: em defesa dos serviços públicos e em combate a fome

Fonte: Ascom Sindsep-PE
27/10/2021



 

Os servidores federais, estaduais e municipais brasileiros estarão mobilizados, nesta quinta-feira (28), em diversos estados contra o projeto da Reforma Administrativa do governo Bolsonaro, a PEC-32. Na data em que será comemorado o Dia do Servidor Público, a direção do Sindsep-PE irá integrar uma ação contra a PEC-32 e um ato solidário contra a fome, ambos no Recife.    

Logo pela manhã, às 9h, representantes do Sindsep estarão na frente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), no ato contra a PEC-32. “Essa Reforma irá promover o desmonte do serviço público e afetar a todos os brasileiros. Querem tirar do Estado atribuições fundamentais no atendimento à população, abrir espaço a privatizações de áreas essenciais, além de pôr fim aos concursos para grande parte dos cargos, promover o aparelhamento do estado com apadrinhados políticos e quebrar a estabilidade facilitando a perseguição política e a pressão das chefias para cumprimento de ordens indevidas ou ilegais”, comentou o coordenador-geral do Sindsep-PE, José Carlos de Oliveira. 

Combatendo a fome 

Depois do ato na Alepe, às 11h30, os representantes dos servidores federais farão a distribuição de marmitas para moradores em situação de rua. A entrega dos alimentos é uma parceria do Sindicato com o Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST). O ato será realizado nas proximidades do Armazém do Campo, localizado na avenida Martins de Barros, nº 395, no bairro de Santo Antônio. Serão distribuídas refeições preparadas com produtos da agroecologia. 

Durante as duas ações, diretores do Sindicato irão distribuir panfletos contra a PEC-32. Além disso, entrará no ar nesta quinta, no canal TV Sindsep-PE no Youtube, a nova edição do programa Roda de Conversa, que terá como tema 'O papel do servidor público no estado brasileiro'. Esta edição terá a participação de José Carlos de Oliveira, do consultor e analista político, Antônio Queiroz, e do diretor técnico do Dieese, Fausto Augusto Júnior.

“Os servidores federais passam por uma situação muito difícil hoje em dia. Desde que deram um golpe no país e retiraram a ex-presidente Dilma Rousseff do poder, de forma ilícita, sofremos com a perda salarial e o aumento da inflação. Mas sabemos que existem pessoas em uma situação muito pior que a nossa. O povo brasileiro voltou a passar fome. Por isso, estamos dando continuidade a nossas ações solidárias”, comentou o secretário-geral do Sindsep, José Felipe Pereira. Desde 2020, o Sindsep vem promovendo ações como a distribuição de alimentos, artigos de higiene pessoal e absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade.

Perda salarial 

Com salários congelados desde 2017, cerca de 90% dos servidores federais acumula perdas que ultrapassam 48%. Esse cálculo se aplica as categorias que tiveram reajuste de 5% entre 2013 e 2015 e que firmaram acordos de reposição em duas parcelas (5,5% em agosto de 2016 e 5% em janeiro de 2017). 

Para algumas categorias que tiveram reajuste de 5% entre 2013 e 2015 e que assinaram acordos de reposição em quatro parcelas (5,5% em agosto de 2016, 6,98% em janeiro de 2017, 6,64% em janeiro de 2018 e 6,31% em janeiro de 2019), a reposição equivalente a defasagem salarial de julho de 2010 a dezembro de 2021, considerando IPCA, seria de 28,2%. "Independente da forma de parcelamento, as duas negociações foram fechadas no governo Dilma. Depois disso, só sofremos arrocho, desprezo e desrespeito por parte de quem assumiu o poder", disse José Carlos. 

Desrespeito

Com o objetivo de promover o desmonte dos serviços públicos, o presidente Bolsonaro e seu ministro da Economia, Paulo Guedes, passaram a tratar os servidores com desprezo e desrespeito. Os trabalhadores já foram chamados de "parasitas" e "inimigos" por Guedes. A intenção era a de ganhar o apoio da população para o desmonte do setor. Agora Guedes afirma que a Reforma Administrativa é que vai garantir o pagamento do Auxílio Brasil. Mas o brasileiro já não se deixa mais enganar pelas mentiras do presidente e de seus ministros. 

O Sindsep aproveita esta data para agradecer a todos os servidores pernambucanos por estarem sempre engajados na luta em defesa do serviço público gratuito e de qualidade. 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais