SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

#2OUT levou milhares pessoas às ruas de mais de 250 cidades brasileiras

04/10/2021




As manifestações pelo impeachment de Bolsonaro reuniram milhares de brasileiros em mais de 250 cidades de todos estados e em 16 países espalhados ao redor do mundo. Todos insatisfeitos com o desmonte que o atual governo vem promovendo da nação brasileira. 

Em Pernambuco, houve mobilizações em diversas cidades do interior, além do Recife. No Recife, depois de se concentrarem na praça do Derby, os manifestantes se dirigiram até a ponte Duarte Coelho, no centro da cidade. Representantes do Sindsep (foto) marcaram presença. A caminhada foi tranquila, com todos usando máscaras, álcool 70% e respeitando o distanciamento social.  Segundo os organizadores, mais de 50 mil pessoas tomaram as ruas centrais da capital. Carros de som, grupos de maracatus, bumba meu boi e batucadas animaram todo o percurso. 

Tudo ocorreu com muita tranquilidade e respeito às regras sanitárias contra a Covid-19. Até que, ao final do ato, o administrador de empresas, Luciano Matias Soares furou um bloqueio que era feito por manifestantes na avenida Martins de Barros, perto da Ponte Maurício de Nassau, e atropelou a advogada Isabela Freitas, de 29 anos. O motorista arrastou a vítima por alguns metros e fugiu sem prestar socorro. Isabela sofreu traumatismo craniano, foi socorrida para o hospital Português  e passou por cirurgias. Luciano Matias Soares, que já foi candidato a vereador do Recife pelo PSC, chegou a sacar uma arma durante a confusão. Segundo testemunhas, o atropelamento foi proposital. O caso está sendo investigado como tentativa de homicídio pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Crimes de Bolsonaro

Além da crise econômica e social e dos ataques contra a democracia, Bolsonaro já cometeu uma série de crimes. Por causa disso, mais de 137 pedidos de impeachment já foram protocolados no Congresso Nacional. 
Entre os delitos praticados por Bolsonaro estão crimes contra a humanidade, em função da sua atuação durante a pandemia do novo coronavírus, crimes de responsabilidade e delitos comuns. Um exemplo de um dos piores crimes cometidos pelo atual governo foi a aliança feita com a empresa Prevent Senior que passou a fazer experimentos não consentidos, em pacientes da Covid-19, com medicamentos ineficazes. As práticas, definidas como nazistas, tinham o objetivo de evitar a interrupção das atividades econômicas.

Mas a forma com que o atual governo lidou e ainda lida com a pandemia só piorou o caos econômico em que o Brasil já se encontrava devido à política liberal adotada antes da chegada da Covid. Hoje, o país já possui mais de 15 milhões de pessoas desempregadas e a miséria atinge mais de 40 milhões de brasileiros e brasileiras. Um episódio recente, ocorrido no Rio de Janeiro, chocou o mundo. Pessoas se aglomeraram em torno de um caminhão para disputar ossos que eram distribuídos. Isso em um país que é o quarto maior produtor mundial de alimentos. 

PEC-32

O governo Bolsonaro também tem promovido uma política nociva que afeta a todos os trabalhadores brasileiros com a redução de investimentos sociais, a aprovação da Reforma da Previdência e, agora, com a proposta de Reforma Administrativa que visa promover o desmonte do setor público e passar seus serviços para a iniciativa privada, além de acabar com os concursos e inchar a máquina pública de apadrinhados políticos que possam ser demitidos e, por isso, tenham que fechar seus olhos à corrupção.  

"Nós, servidores públicos, estamos aqui hoje, assim como os demais trabalhadores, para mostrar a nossa indignação contra este governo. Não há possibilidade nenhuma de um governo como este promover políticas que venham a beneficiar a classe trabalhadora brasileira. Por isso, eles precisam sair do poder", comentou o coordenador-geral do Sindsep-PE, José Carlos de Oliveira. 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais