SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Amanhã (24) é dia de apuração e divulgação do resultado das eleições do Sindsep

23/09/2020




Uma eleição tranquila, norteada pela organização, pelo respeito ao estatuto da entidade e a todos os protocolos de saúde das autoridades sanitárias internacionais. Foram assim os três dias de votação para escolha da nova diretoria do Sindsep-PE. Apesar da pandemia do novo coronavírus ainda fazer parte do dia a dia dos pernambucanos e de existir apenas uma chapa concorrendo ao pleito, muitos servidores públicos federais atenderam ao chamado do Sindicato e participaram das eleições.  

A votação teve início na última segunda-feira (21) e se encerra nesta quarta-feira (23). Amanhã (24), terá início a apuração e o resultado será divulgado ao final do dia. 

A preocupação com a saúde dos envolvidos no pleito, desde os eleitores, aos mesários e motoristas, garantiu segurança a todos contra o contágio da Covid-19. “Senti-me muito a vontade para votar. Cheguei aqui e não encontrei aglomeração nenhuma na urna. Além disso, as mesárias estavam usando máscaras, protetores de rosto e passaram alcool em gel em tudo", destacou o guarda de Endemias da Funasa, Antônio Lavor de Santana. 

No último dia de votação, a eleição contou com urnas fixas e itinerantes em diversos órgãos, da Região Metropolitana do Recife ao Sertão do Estado. Na sede do Sindsep, os servidores puderam dispor de duas urnas fixas, além de uma urna que funcionou em esquema de Drive Thru. Ou seja, o servidor nem precisou descer do seu veículo para votar. 

Tarefas da direção 

A eleição do Sindsep-PE irá eleger os representantes dos servidores federais pernambucanos para dirigir a entidade pelos próximos 4 anos. A diretoria do Sindicato desempenha diversas e diferentes tarefas. Entre elas, a direção integra comissões de negociação, com representantes de todo o Brasil, para tratar de demandas dos servidores dos órgãos federais. Promove assembleias, representa os servidores em assembleias nacionais, negocia e assina, junto a Condsef/Fenadsef, os Acordos Coletivos de Trabalho (ACT). 

A direção organiza a luta na defesa dos direitos e em busca de novas conquistas, fiscaliza as condições de trabalho, além de ser responsável pelas áreas que dão suporte aos servidores como jurídico, formação, cultural, saúde e condições de trabalho, relações sociais e sindicais, imprensa e comunicação, convênios, entre outras. 

Uma história de 31 anos de luta

A fundação do Sindsep-PE foi um marco da retomada do movimento sindical e da democracia brasileira. O Sindicato foi criado meses depois de promulgada a Constituição Federal de 1988, quando todos os direitos civis, políticos e sociais estavam sendo restabelecidos no Brasil. A Constituição foi promulgada em outubro de 1988, e o Sindsep criado em 19 de março de 1989, durante o 1º Congresso Estadual dos Servidores Públicos Federais, realizado no Recife. 

A entidade foi criada como sindicato geral e como uma organização horizontal de modo a poder discutir, interagir e lutar por mais e melhores serviços públicos em todas as áreas. Essa decisão foi fundamental para o fortalecimento da luta com a maior participação e mobilização dos trabalhadores durante os 31 anos de existência da entidade, o que deu força suficiente para o Sindsep-PE obter diversas conquistas. 

Por isso, é de suma importância que, além de terem exercido o poder do voto, os servidores federais reforcem o contato com a entidade sindical que os representa em um momento de extrema perseguição aos seus direitos por parte do governo Bolsonaro. 

"O Sindsep sempre foi e sempre será importante para nós servidores. Se nós não tivermos uma representatividade para lutar por nossos direitos, o atual governo irá acabar retirando todas as nossas conquistas. Por isso, achei importante dar meu voto nesta eleição", comentou o servidor do Ministério da Economia, Audo Alves de Melo. 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X