Filiado à Cut e à Condsef/Fenadsef

Notícias

Atos do #2OUT estão confirmados em 251 cidades e 16 países

Fonte: Ascom Sindsep-PE
30/09/2021




O povo brasileiro não aguenta mais as maldades do governo Jair Bolsonaro. A cada dia cresce o número de atos confirmados para este sábado (02 de outubro). Na última parcial divulgada pelo Movimento Fora Bolsonaro, nessa quinta-feira, já eram 260 atos em 251 cidades e 16 países. As mobilizações acontecerão contra a Reforma Administrativa, em defesa da democracia, soberania, geração de empregos, aceleração da vacinação e auxílio emergencial até o fim da pandemia. 

Em pouco tempo de governo, os brasileiros e brasileiras já notaram o grande erro que foi colocar Bolsonaro na presidência da República. Agora, passados quase três anos da sua posse, o país vive um caos social. São quase 15 milhões de desempregados, 14,5 milhões de pessoas em situação de extrema pobreza, milhares de pessoas passando fome, inflação de 10,05% nos últimos 12 meses e quase 600 mil mortos pela Covid-19, em grande parte por culpa da má vontade de Bolsonaro em combater a pandemia. 

“Esta será mais uma data de grandes protestos em todo o Brasil, e no mundo, contra as insanidades deste senhor e de seus aliados. O impeachment de Bolsonaro é cada dia mais urgente. Basta de bandalheira e retirada de direitos do povo trabalhador. A CPI da Covid está deixando claro que eles aproveitaram até mesmo a pandemia do novo coronavírus para praticar atos de corrupção. Imagina o que não estão fazendo nas demais áreas do governo”, comentou o secretário-geral do Sindsep-PE, José Felipe Pereira. 

A grande cartada do momento do governo Bolsonaro é o ataque aos serviços públicos e aos servidores por meio da Reforma Administrativa. Os objetivos: repassar os serviços públicos para a iniciativa privada, acabar com os concursos e contratar apadrinhados políticos para atuar no lugar dos servidores e fechar os olhos aos atos de corrupção para não serem demitidos. 

“Este governo está ampliando a pobreza no Brasil, enquanto tenta passar uma Reforma que irá ampliar a corrupção. Estão fazendo exatamente o contrário do que prometeram. Não é à toa que o Brasil está apresentando os piores índices econômicos em comparação a diversos outros países e o maior escândalo de corrupção envolvendo as vacinas contra Covid”, sublinhou Felipe.   

PEC-32

Os servidores públicos estão em vigília permanente contra a PEC-32 em frente ao Anexo II da Câmara dos Deputados. Em mais uma vitória, os servidores convenceram a bancada dos partidos de oposição a fecharem questão em não emendar ou consertar a proposta, mas sim derrotá-la em sua integralidade. O deputado federal Rogério Correia (PT-MG) foi quem deu a notícia aos servidores e alertou: "o deputado que votar nessa proposta tem consciência de que está sendo a favor de algo que o conjunto dos servidores públicos rejeita". 

Para pressionar os parlamentares a votar contra o desmonte dos serviços públicos, os servidores podem acessar o site Na Pressão (napressao.org.br/campanha/diga-nao-a-reforma-administrativa) e enviar mensagens para os deputados federais, solicitando que eles rejeitem a proposta. O passo a passo é simples. Ao acessar a campanha, o servidor pode mandar seu recado pelo WhatsApp, e-mail ou telefone. 

Para receber as informações da luta contra a Reforma, o interessado pode enviar uma mensagem para o número de telefone: (61) 98357-4114. Imediatamente o seu WhatsApp estará cadastrado e ele passará a receber diversas informações direto no celular. O servidor também pode enviar um oi para o telefone do Sindsep-PE Conectado: (81) 99976-2839.
 

« Voltar


Receba Nosso Informativo

X
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais