SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Campanha da CUT em defesa do serviço público será lançada nesta quarta

Fonte: Da CUT Brasil
24/03/2021



 

A CUT e entidades filiadas lançam nesta quarta-feira (24), Dia Nacional de Luta em Defesa do Serviço Público e também do Lockdown pela vida, a segunda fase da campanha em defesa das estatais e do serviço público no Brasil.

Na primeira fase, focada na defesa das estatais, o slogan era  “Não deixem vender o Brasil” e  chamava a atenção para a importância de empresas como a Petrobras, Eletrobras, Correios e os bancos públicos Caixa e Banco do Brasil para a economia do país e para consolidar as políticas públicas como o auxílio emergencial e o Bolsa Família, entre outras.

#DigaNãoÀReformaAdministrativa

Nesta quarta, em live organizada pelas entidades que representam os servidodes e a Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, que será transmitida no You Tube e Facebook da CUT, e no You Tube da Câmara dos Deputados, a partir das 18h, será realizado um ato político contra a reforma Administrativa e lançada, oficialmente, a campanha em defesa das estatais.

A campanha será veiculada em horários nobres das TVs SBT, Bandeirantes e Globo, e também na rádio BandNews e na Internet, além da TVT e canais de esquerda.

Além dos vídeos curtos, diretos e objetivos sobre a importância do serviço público para todos os  brasileiros e brasileiras, a campanha tem vários cards que podem ser publicados nas redes sociais.

“A pandemia do novo coronavírus mostrou que sem um serviço público de qualidade como o Sistema Único de Saúde, o SUS, a tragédia brasileria poderia ser muito maior. Foi para o SUS que muitas pessoas com plano de saúde correram quando não conseguiram atendimento rápido em hospitais conveniados”, alerta o secretário de Comunicação da CUT Nacional, Roni Barbosa, dando apenas um exemplo da importância de um serviço público de qualidade para todos os brasileiros.

“Imagine o Brasil sem servidores do Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, para atender aposentados e pensionistas, um país sem escolas públicas, sem agentes de saúde para trabalhar contra surtos de dengue, controlar a qualidade da água e fiscalizar o meio ambiente. Imagine se tudo isso fosse privado, como quer a dulpa Bolsonaro/Guedes”, complenta Roni se referindo aos planos de privatização do presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL) e Paulo Guedes, ministro da Economia.

É por um Brasil com desenvolvimento sustentável e para todos e todas que a campanha da CUT luta, explica Roni. E nesta luta, a Central consegue apoios de autoridades que querem um país melhor, como os deputados da Parlamentar Mista do Serviço Público, da Câmara dos Deputados, que está junto nesta luta, diz o dirigente.

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X