SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Centrais sindicais entregam ao governo propostas para retomada econômica

10/07/2020




Um documento elaborado pelo Fórum das Centrais Sindicais, com propostas para a preservação da vida, emprego e renda, e uma agenda de retomada da economia brasileira, foi entregue pelo presidente nacional da CUT, Sérgio Nobre, junto com os presidentes da Força Sindical, UGT, CSB e NCST, no Ministério da Economia, no último dia 8 de julho. Com o título Medidas de Proteção à Vida, à Saúde, ao Emprego e à Renda Dos Trabalhadores e Trabalhadoras, o documento foi entregue durante reunião com os secretários de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco Leal, e do Trabalho, Bruno Dalcolmo.

A entrega encerrou a agenda de atividades do Ato Unitário das Centrais Sindicais, que reuniu cerca de 80 sindicalistas em Brasília, naquele dia 08/07. Uma das propostas do documento é a manutenção do auxílio emergencial de R$ 600,00 (R$ 1.200,00 para mães chefes de família), aprovado pelo Congresso Nacional, até o mês de dezembro. Essa vai ser mais uma queda de braço com o Governo que nunca quis pagar esse benefício à população. Hoje, ainda existem 16,6 milhões de solicitações do auxílio em análise. A manutenção do auxílio até dezembro seria uma etapa da construção de um programa permanente de Renda Básica para Cidadania.

Com o objetivo de promover a retomada da atividade econômica, o documento propõe o fortalecimento da agricultura familiar para garantir a segurança alimentar e a geração de renda no campo; o fortalecimento dos empreendimentos solidários, MPEs, MEIs; e o fortalecimento do SUS, com investimentos no complexo da saúde e nacionalização da produção. Sugere ainda o investimento em programas de ampliação do Saneamento Básico; a implementação de Programa Habitacional; e investimentos em infraestrutura, particularmente em relação à mobilidade e acessibilidade, com retomada das obras paradas. 

Entre as propostas também estão investimentos em energia, especialmente renováveis, e o desenvolvimento de programa de reconversão industrial no complexo da saúde e em demais setores estratégicos da economia. 
O documento sugere também medidas para a reorganização do Sistema Público de Trabalho e Emprego; e a ampliação das medidas de proteção ao emprego nas micro e pequenas empresas. 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X