SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Dia da mulher será marcado por atos em defesa da vida das mulheres

Fonte: Ascom Sindsep-PE
05/03/2021




O Dia Internacional da Mulher será marcado, na próxima segunda-feira (08), por atos em todo o Brasil visando fortalecer a luta feminista e da mulher trabalhadora, fazendo jus à origem da mobilização. A CUT-PE irá promover uma mini carreata no Recife com o eixo - “Pela Vida das Mulheres, Resistiremos: contra a fome, a miséria e a violência! Vacina para todas e todos já e Fora Bolsonaro”. A concentração será às 14h do dia 08, com saída prevista para 15h, na Praça de Santo Amaro, perto da Delegacia (Rua Frei Cassimiro). Também tem atos marcados em estados como Brasília, Maranhão, Rio de Janeiro e Ceará.

Na terça, dia 9, as mulheres poderão participar do protesto virtual organizado pelo Fórum Nacional de Mulheres Trabalhadoras das Centrais Sindicais – CUT, CSB, CTB, Força Sindical, NCST e UGT. O ato visa reivindicar, além da defesa da vacina, do auxílio emergencial e do ’fora Bolsonaro’, a defesa do SUS e o fim da violência contra as mulheres na vida e no trabalho. Tudo será transmitido a partir das 16h pelo facebook da CUT AQUI

O ato virtual contará com palestras da economista, professora da Unicamp-SP, especialista na área de trabalho e gênero, Marilane Teixeira, da feminista, historiadora e professora de Educação da PUC Goiás, Lúcia Helena Rincón, e da desembargadora, doutora em Economia Social e do Trabalho pelo Instituto de Economia da Unicamp e pós-doutora em Economia Aplicada também pela Unicamp, Magda Barros Biavaschi.  

Segundo Marilane Teixeira, estará em debate a persistência das diferenças salariais, da segregação, do que é trabalho feminino ou não e as elevadas taxas de desemprego entre as mulheres pretas e pobres. Também será abordado o tema da informalidade e precariedade no trabalho e do grande número de mulheres desempregadas. O ato terá interação com o público, com perguntas e respostas e comentários.

Manifesto

Durante o ato virtual será lido o manifesto: Em defesa da vida, do SUS, do Auxílio Emergencial, contra a violência, vacina para todas e todos já e fora Bolsonaro!! "Esse dia acontece em uma conjuntura muito difícil para as mulheres brasileiras. Desemprego acelerado, pandemia descontrolada, mulheres em tripla jornada por causa do home office e com problemas psicológicos decorrentes de toda essa situação. Diante de tudo isso, o Sindsep abraçou a mobilização a favor da vacina para todos, do fora Bolsonaro e do auxílio emergencial principalmente para as mães de família", comentou a diretora do Sindsep-PE, Gislaine Fernandes.     

História

O Dia Internacional da Mulher foi proclamado pela II Conferência Internacional das Mulheres Socialistas, realizada em Copenhague, capital da Dinamarca, em 1910, como um dia de luta por melhores condições de vida e pelo sufrágio universal. O primeiro Dia Internacional da Mulher não foi celebrado em 8 de março, mas sim em 19 de março de 1911. 

Em 1917, cerca de 90 mil operárias russas percorreram as ruas reivindicando melhores condições de trabalho e de vida. A marcha aconteceu no dia 08 de março e acabou dando origem à mobilização internacional do Dia Internacional da Mulher nesta data. A luta por uma sociedade mais justa e igualitária entre mulheres e homens perdura até hoje. 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X