SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Dia Nacional de Luta, em dezembro, contra desmonte do setor público

30/11/2020




O Sindsep-PE convoca todos os servidores públicos federais do Estado a participarem do Dia Nacional de Luta contra a reforma Administrativa, no próximo dia 10 de dezembro. A data contará com atos e mobilizações em todo o país. A participação dos servidores foi definida em reunião do Conselho Deliberativo de Entidades (CDE) da Condsef/Fenadsef, realizada de forma virtual na última sexta-feira (27). Importante destacar que no dia 10 também é comemorado o Dia Universal dos Direitos Humanos.

O encontro contou com a participação do coordenador geral do Sindsep, José Carlos de Oliveira, além de representantes dos servidores de diversos estados brasileiros. 

Na mesma reunião, foram definidos os detalhes da campanha nacional de mídia em Defesa dos Serviços Públicos. A campanha contará com comerciais de televisão, rádio e postagens nas redes sociais contra o desmonte do serviço público brasileiro promovido pelo governo Jair Bolsonaro. Nesta quarta-feira (02), haverá uma reunião específica do CDE para tratar de mais detalhes da campanha. 

No mesmo dia 02 também haverá reunião da Mesa Nacional de Negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) da Ebserh.

Já na próxima quinta-feira (03) haverá a Plenária Nacional do Setor público Federal, Estadual e Municipal da base CUTista. Na ocasião, haverá um debate amplo em torno dos golpes que o atual governo vem desferindo contra o setor público e os servidores das três esferas de poder.

No encontro da semana passada também foi deliberado que a Assessoria Jurídica da Condsef/Fenadsef irá fazer uma nota técnica contra a portaria do Incra, que determina o retorno presencial dos servidores do órgão em um momento em que a contaminação do novo coronavírus voltou a crescer em diversos estados brasileiros.  

Foi definido ainda que o Dieese irá elaborar estudos sobre a economia brasileira, principalmente sobre as camuflagem dos falsos números da inflação. 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X