SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Dia Nacional de Lutas com mobilização na internet e atos de rua

Fonte: Ascom Sindsep-PE
02/07/2020




Servidores públicos das três esferas (federais, estaduais e municipais) estão mobilizados durante toda esta quinta-feira (02/07) no Dia Nacional de Lutas contra o congelamento de salários e direitos de quase 12 milhões de trabalhadores do setor até dezembro de 2021. Além de encaminharem diversas mensagens para os parlamentares que irão decidir sobre o veto que congela salários e uma série de direitos de quase 12 milhões de servidores até o final de 2021, os servidores promovem alguns atos simbólicos de rua, sempre respeitando as recomendações de distanciamento e uso de máscaras feitas pelas autoridades sanitárias.

Eles também protestam contra aumentos concedidos pelo governo Bolsonaro a militares tanto da ativa quanto da reserva em plena pandemia do novo coronavírus.  Enquanto impõe arrocho a servidores civis e também a trabalhadores da iniciativa privada, o governo, além de liberar reajustes a militares, segue uma política de privilegiar setores ligados ao sistema financeiro, banqueiros, grandes empresários e desvia bilhões para o pagamento de juros da dívida pública. 

Em Brasília, o ato pela derrubada de vetos acontece, a partir das 12h30, no Espaço do Servidor, na Esplanada dos Ministérios, reunindo representantes da Condsef/Fenadsef e de diversas entidades representativas dos servidores. Os servidores protestam com faixas, cartazes e falas contra o governo Bolsonaro. 

Sindsep-PE

O Sindsep-PE produziu um vídeo (foto) com representantes da sua direção, alertando a todos os servidores pernambucanos sobre a importância da defesa do serviço público e da democracia. “Existe uma decisão deste governo em destruir todo tecido de proteção social e todas as políticas públicas executadas pelo intermédio dos serviços públicos. A responsabilidade de fazer o combate contra o desmantelamento do Estado brasileiro tem que ser uma ação de todos nós. Essa pandemia vai passar e este debate nós teremos que fazê-lo nas ruas. Viva o serviço público, viva a qualidade de vida e viva a sociedade brasileira”, disse o coordenador geral do Sindsep-PE, José Carlos de Oliveira, no vídeo.  

O secretário geral da entidade, Felipe Pereira, alertou para a importância da defesa da democracia. “Estamos lutando pela democracia e por mais qualidade de vida. Lutando contra um governo genocida”, sublinhou. 

Já o diretor de Cultura, Eduardo de Albuquerque, lembrou que o Brasil virou epicentro da pandemia do coronavírus por causa da incompetência do governo federal. “Por falta de um governo que tenha gerência diante da situação e que tenha apreço pelo serviço público federal e pelas políticas públicas. O governo que não tem apreço pelo serviço público federal e pelas políticas públicas não tem apreço pelo povo.” 

A diretora de Políticas Públicas do Sindsep, Gislaine Fernandes, destacou a importância do SUS e do serviço público. “Lamentavelmente, foi num cenário de pandemia que nós pudemos observar a importância do Sistema Único de Saúde e do serviço público. É no serviço público que está a maior concentração de leitos para tratamento do coronavírus.” 

O diretor de Imprensa, Fernando Lima, destacou a importância dos servidores se mobilizarem na Internet nesse momento de pandemia. “Estamos fazendo essa mobilização em nossas redes sociais e contamos com a participação de todos e todas nesse momento de pandemia que a gente espera que passe o mais rápido possível e que todos possam dar sua contribuição”, concluiu no vídeo que pode ser assistido neste site e nas redes sociais do sindicato. 

A carta 

Durante o dia de hoje, servidores de todo o Brasil estão encaminhando aos deputados federais e senadores, por meio de e-mails e redes sociais, uma carta pedindo a derrubada do veto e apontando oito alternativas que poderiam ser adotadas para superar a crise sem atacar os trabalhadores. A carta foi assinada pela Condsef/Fenadsef e pelas Federação Nacional dos Servidores Públicos Estaduais e do Distrito Federal (Fenasepe), Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam) e Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS). 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X