SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Eleição para escolha da direção do Sindsep tem início nesta segunda

18/09/2020




Não existe uma boa sociedade sem um bom sindicato! Essa frase foi dita por ninguém menos que o Papa Francisco, quando recebeu delegados da Confederação Italiana dos Sindicatos dos Trabalhadores (Cisl), reunidos em Congresso no último mês de junho. O Para Francisco discursou sobre o tema em debate no Congresso: “Pela pessoa, pelo trabalho”. De fato, afirmou, pessoa e trabalho são duas palavras que podem e devem estar juntas. “O trabalho é a forma mais comum de cooperação que a humanidade gerou na sua história, é uma forma de amor civil”, disse para afirmar em seguida: sindicato é uma bela palavra que provém do grego syn-dike, isto é, ‘justiça juntos’.

E é justamente por acreditar e defender o trabalho, a justiça e a união dos trabalhadores em torno do movimento sindical que o Sindsep persiste na luta em prol dos servidores públicos federais há 32 anos. E a próxima semana será decisiva para o fortalecimento da entidade. A votação que irá eleger a nova diretoria do Sindsep-PE terá início nesta segunda-feira (21) e se estenderá até a próxima quarta-feira (23).  

O Sindicato irá disponibilizar urnas fixas e itinerantes em todos os órgãos federais da Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata, Agreste e Sertão do Estado. A sede do Sindsep-PE contará com urnas fixas nos três dias de eleição para aqueles servidores aposentados ou mesmo ativos que preferirem votar na sede. Inclusive, os servidores não precisarão descer de seus veículos para votar, uma vez que uma das três urnas disponíveis estará em esquema de Drive Thru.

Todos os filiados ao Sindicato, há mais de seis meses, têm o direito de votar, seja servidor da ativa ou aposentado. 

A Comissão Organizadora da eleição irá garantir que todas as regras eleitorais, previstas no estatuto do Sindicato, sejam respeitadas. A eleição também irá obedecer a todo o protocolo das autoridades sanitárias de saúde para que os eleitores e trabalhadores se resguardem da Covid-19. 

Os trabalhadores envolvidos no transporte e manuseio das urnas eleitorais e do material que será utilizado na votação usarão máscaras. Além disso, todo o material será higienizado. Também não será permitido que o eleitor vote sem máscara. Todos os locais de votação contarão com álcool em gel. 

O  Sindsep recomenda ainda que ao comparecer ao local de votação, o eleitor mantenha distância entre as pessoas, higienização das mãos, não toque nos olhos, não compartilhe utensílios e não faça aglomerações. 

Caso o servidor deseje entrar em contato com a Comissão Eleitoral, para tirar alguma dúvida durante o processo de votação, pode ligar para o telefone (81) 3131-6350 e solicitar o ramal 6356.  

Por que o servidor deve votar? 

Nesta eleição, existe apenas uma chapa concorrendo à direção do Sindicato. No entanto, é fundamental que todos os servidores federais filiados à entidade, há mais de seis meses, participem do processo eleitoral e exerçam seu poder democrático do voto. 

Em primeiro lugar, o Sindsep precisa ser representativo. Quanto mais servidores participarem da eleição, mais a entidade mostrará a sua força, o que é fundamental para resistência aos ataques do governo Bolsonaro. Votar na eleição do Sindicato é fortalecer os direitos dos servidores.

Para além disso, os gastos com a estrutura das eleições serão custeados com recursos da contribuição dos filiados ao Sindicato. Caso não haja quórum mínimo de votos necessários, haverá uma nova eleição em segundo turno, o que irá demandar mais gastos. 

Direção

A eleição irá eleger os representantes dos servidores federais pernambucanos para dirigir a entidade por quatro anos. A diretoria do Sindicato tem diversas tarefas. Ela integra comissões de negociação, com representantes de todo o Brasil, para tratar de demandas dos servidores dos órgãos federais. Promove assembleias, representa os servidores em assembleias nacionais, negocia e assina, junto a Condsef/Fenadsef, os Acordos Coletivos de Trabalho.

A direção também organiza a luta na defesa dos direitos e em busca de novas conquistas, fiscaliza as condições de trabalho, além de ser responsável pelas áreas que dão suporte aos servidores como jurídico, formação, cultural, saúde e condições de trabalho, relações sociais e sindicais, imprensa e comunicação, convênios, entre outras.
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X