Filiado à Cut e à Condsef/Fenadsef

Notícias

Fórum nacional dos federais promove reunião ampliada da categoria

19/01/2015



Para discutir os últimos preparativos para o lançamento da Campanha Salarial 2015 dos servidores federais, no dia 31 de janeiro e 1º de fevereiro, a Condsef e suas entidades filiadas, entre elas o Sindsep-PE, participam de uma reunião ampliada do fórum nacional da categoria. O evento será realizado em Brasília e tem como tema Unificar o funcionalismo federal em defesa dos serviços públicos: Contra as privatizações, terceirizações e a precarização. Na ocasião também serão discutidas estratégias de luta e calendário de atividades (ver programação abaixo).
 
A regulamentação da negociação coletiva no setor público permanece no topo da lista de prioridades nesta Campanha Salarial 2015. Em seguida vem a luta uma política salarial permanente com correção das distorções e reposição das perdas históricas, acumuladas durante o Governo FHC. Aposentadoria digna é outro ponto importante entre as demandas. Para isso, os servidores reivindicam paridade entre os ativos, aposentados e pensionistas e a concessão da gratificação de desempenho para fins de aposentadoria com base na média dos cinco últimos anos da ativa. 

CENTRAIS SINDICAIS

No dia 28 deste mês, a CUT e demais centrais sindicais realizarão um Dia Nacional de Luta por Empregos e Direitos com atos públicos em vários estados. Diante de um cenário de cortes orçamentários a ideia é pressionar o governo para que a classe trabalhadora não pague mais essa conta. As entidades também irão solicitar a revogação das medidas provisórias 664 e 665 que promoveram mudanças no Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e na Previdência. As centrais sindicais não concordaram com a maneira como foram promovidos os ajustes no FAT e na Previdência. Não houve nenhum tipo de discussão com o movimento sindical. As medidas foram tomadas de forma unilateral.
 
No próximo dia 19, as centrais têm reunião agendada com o chefe da Secretaria Geral da Presidência, Miguel Rossetto, e o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias. Nesse caso, a ideia das centrais sindicais é buscar a revogação das medidas provisórias de forma administrativa.
 
PROGRAMAÇÃO 
 
Dia 31.01.15 (Sábado)

 8h - Credenciamento
10h - Abertura
10h30 - Mesa sobre Conjuntura (Três centrais sindicais)
12h - Almoço
14h - Mesa das entidades sobre pontos dos eixos do Seminário- As entidades apresentarão suas opiniões sobre os pontos
15h - Grupo de trabalho sobre os eixos e data da Marcha à Brasília
18h - Encerramento
 
Dia 1º de fevereiro (Domingo)

 9h - Plenária para apresentação dos eixos 
14h - Apresentação final da pauta da campanha salarial 2015.
« Voltar


Receba Nosso Informativo

X
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais