SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Governo ameaça suspender pagamento de servidor com inconsistências cadastrais

Fonte: Ascom Sindsep-PE
28/11/2019





A direção do Sindsep-PE orienta todos os servidores a entrarem no site do Sigepe para verificarem se possuem pendências de cadastro. São, por exemplo, problemas com endereço, número de Pasep e nomes, como é o caso de mulheres que casaram e tiraram e/ou acrescentaram sobrenomes. Essas inconsistências, se não forem resolvidas, podem ocasionar o não pagamento do salário já na próxima folha, por isso ninguém deve perder tempo.

O governo não emitiu nenhum comunicado oficial para o servidor sobre a atualização do cadastro, muito menos notificou seus órgãos. As pessoas estão tendo conhecimento sobre as pendências no cadastro no momento que entram no site do Sigepe para tirar o contracheque e aparece a seguinte mensagem: “Prezado servidor, ainda constam pendências de cadastro, informadas anteriormente, que impedem o início do cumprimento das obrigações do eSocial. Essas inconsistências, se não resolvidas, impedirão o processamento do seu pagamento na próxima folha. Providencie a regularização e informe a sua unidade de recursos humanos”.

Só no Ministério da Saúde, em todo o Brasil, 12.500 pessoas estão com pendências cadastrais. Para atualizar o cadastro pelo Sigepe é fácil. O servidor deve entrar no site, clicar no link Dados cadastrais e depois em Inconsistências cadastrais. Outra forma do trabalhador atualizar os dados é pelo site do eSocial.

 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X