SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Governo Bolsonaro não negocia e prorroga o ACT da Conab por mais um mês

04/11/2019




O governo Jair Bolsonaro vem trabalhando contra o reajuste salarial dos atuais servidores federais ao adiar, ao máximo, todas as negociações para fechar os Acordos Coletivos de Trabalho (ACT’s) das diversas categorias. Está sendo assim com a Conab, por exemplo. Desde o início das negociações, o ACT 2018/2019 da categoria vem sendo prorrogado por falta de entendimento. O governo quer retirar direitos já conquistados pelos trabalhadores em acordos passados. 

Sem alcançar um consenso, o ACT foi prorrogado, pela última vez, agora no final de outubro e valerá até o dia 30 de novembro. Os empregados da Conab seguem na expectativa de firmar o próximo ACT. 

“A Fenadsef protocolou a nossa pauta de reivindicação no último mês de julho e, até hoje, a Conab não abriu negociação. Nenhuma proposta nos foi apresentada. O pior é que, diante de tudo que Jair Bolsonaro vinha falando durante a campanha, nós já sabíamos da dificuldade que seria lidar com esse governo”, comentou o trabalhador da Conab e diretor de Sindicalização do Sindsep-PE, Sérgio Viana (Foto). 

Enquanto se nega a negociar com a Fenadsef, a Conab insiste em tratar do ACT com a Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC). A CNTC briga na Justiça para ser a representante dos trabalhadores da Empresa mas já perdeu em duas decisões. O estranho é que a própria Conab está recorrendo para que a CNTC possa tomar o lugar da Fenadsef nas negociações, quando essa deveria ser uma briga das entidades sindicais. 

A Condsef/Fenadsef participou de uma série de atividades em defesa da Conab e de seus empregados, incluindo audiência pública na Câmara dos Deputados que abordou a importância dos armazéns da companhia para a segurança alimentar da população brasileira. A pauta do ACT 2019/2020 foi aprovada pelos empregados em plenária nacional e protocolada em junho, dentro do prazo previsto, tendo-se em vista que a data base da categoria é 1º de setembro. 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X