Filiado à Cut e à Condsef/Fenadsef

Notícias

Guedes quer que Petrobrás aumente em até 100 dias o intervalo dos reajustes dos combustíveis

Fonte: Brasil 247
23/05/2022



O ministro da Economia, Paulo Guedes, quer que a Petrobrás aumente o intervalo de tempo entre os reajustes dos combustíveis visando reduzir as seguidas variações dos preços internacionais do petróleo. “Se vingar a ideia de Guedes, esse intervalo pode aumentar para 100 dias ou mais”, diz a coluna da jornalista Malu Gaspar, do jornal O Globo. 

Segundo a reportagem, Guedes vem defendendo a ideia junto ao novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida. Segundo interlocutores do ministro, Guedes vem afirmando que os últimos reajustes praticados pela estatal estavam ligados à variação de preços no mercado internacional em decorrência da guerra na Ucrânia. “O ministro acha que, em tempos de guerra, os reajustes deveriam demorar mais tempo para acontecer”, diz o texto. 

A pasta já realizou estudos para estabelecer uma "média móvel" de preços a ser revista a cada 100 dias. O material, agora, está sendo revisto visando a elaboração de uma proposta concreta para o setor. 

“Isso pode resolver um problema político para Bolsonaro, empurrando o próximo reajuste para depois da eleição. Mas é bem provável que não diminua o impacto para o consumidor, já que as projeções para os combustíveis no segundo semestre são aumentos contínuos” ressalta a reportagem. 

« Voltar


Receba Nosso Informativo

X
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais