SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Já está tudo organizado para a eleição da diretoria do Sindsep-PE

17/09/2020




A Comissão Organizadora do processo eleitoral que irá escolher a nova diretoria do Sindsep-PE realizou duas reuniões, nesta quinta-feira (17), com os mesários que irão participar da eleição, que acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de setembro. Na ocasião, os integrantes da Comissão repassaram os detalhes a respeito das regras que devem ser observadas nos dias da votação e do todo o protocolo de saúde que deve ser obedecido para que os eleitores, mesários, fiscais e motoristas se resguardem da Covid-19. 

Todos os trabalhadores envolvidos no transporte e manuseio das urnas eleitorais e do material a ser utilizado estarão usando máscaras. Além disso, todo o material a ser usado será higienizado. Também não será permitido que o eleitor vote sem máscara. Haverá ainda um controle para que não haja nenhum tipo de aglomeração. os locais de votação contarão com álcool em gel. 

“Já estamos com tudo organizado para que a eleição transcorra da forma mais tranquila possível com total segurança para os trabalhadores e para os eleitores filiados ao Sindsep. Tomamos todas as precauções para proteger a todos contra o coronavírus e iremos fazer essa eleição de forma democrática e transparente”, destacou o presidente da Comissão e diretor de finanças e administração da CUT-PE, Fabiano Moura. 

Eleição em um turno

Apesar de existir apenas uma chapa concorrendo a este processo eleitoral é de fundamental importância que todos os servidores federais filiados ao Sindicato participem da eleição e exerçam seu poder democrático do voto. 

Para ser forte, o Sindicato precisa ser representativo. Quanto mais servidores participarem da eleição, mais mostraremos a força da entidade, o que é fundamental para resistirmos aos ataques do governo Bolsonaro. Votar na eleição do Sindicato é fortalecer nossos direitos.

“Este é um sindicato que preza pela democracia. Por isso, mesmo que outra chapa não tenha se apresentado, o estatuto da entidade determina que haja eleições em respeito a seus filiados. Pedimos aos servidores públicos que compareçam a seus locais de votação, votem e legitimem a nova direção do Sindicato para conduzir a luta dos trabalhadores por mais quatro anos”, observou Fabiano. 

Outro aspecto importante para que o eleitor participe deste processo eleitoral precisa ser destacado. Trata-se dos gastos com a eleição que serão bancados com recursos da contribuição de cada filiado. Caso não haja quórum mínimo de votos necessários, haverá uma nova eleição em segundo turno. E uma nova eleição irá acarretar em mais custos para a entidade. A eleição em primeiro turno vai garantir uma economia importante para o Sindsep. 

A votação

Urnas fixas e itinerantes atenderão a todos os órgãos federais da Região Metropolitana do Recife ao Sertão do Estado. A sede do Sindsep-PE contará com urnas fixas nos três dias de eleição para aqueles servidores aposentados ou mesmo ativos que preferirem votar na sede. Inclusive, os servidores não precisarão descer de seus veículos para votar, uma vez que uma das três urnas disponíveis estará em esquema de Drive Thru.

Todos os filiados ao Sindsep-PE, há mais de seis meses, têm o direito de votar, seja servidor da ativa ou aposentado.

Caso o servidor deseje entrar em contato com a Comissão Eleitoral, para tirar alguma dúvida, pode ligar para o telefone (81) 3131-6350 e solicitar o ramal 6356, no horário das 9h às 16h. mesmo durante a votação. 

História de luta

O Sindsep-PE foi fundado em 1989 como sindicato geral e como uma organização horizontal de modo a poder discutir, interagir e lutar por mais e melhores serviços públicos em todas as áreas do Governo. Essa decisão foi fundamental para o fortalecimento da luta com a maior participação e mobilização dos trabalhadores durante esses 30 anos de existência da entidade, o que deu força suficiente para o Sindsep-PE obter diversas conquistas. Por isso, é de suma importância que os servidores federais reforcem o contato com a entidade sindical que os representa em um momento de extrema perseguição aos seus direitos por parte do governo Bolsonaro. 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X