SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Lockdown nacional contra o caos no Brasil será nesta quarta-feira (24)

Fonte: Ascom Sindsep-PE
23/03/2021




"Nesse momento de tão pouca luz à vista. E tanto ataque ao que é direito e é conquista. Eu canto tanto a desistência, o desencanto. Mas canto a luta, a resistência, tanto quanto. E quanto àqueles que ainda pensam que detém-nos. Eu canto e grito a pulmões e peito plenos. Que não quero mais nenhum direito a menos. Não quero mais nenhum direito a menos. Nenhum direito a menos...” 

É com a música do cantor e compositor, Paulinho Moska, Nenhum direito a Menos, de onde foi retirado o trecho acima, que o Sindsep-PE convida os servidores federais e a população em geral a participarem do Dia Nacional de Luta do Funcionalismo Público, que acontecerá nesta quarta-feira, 24 de março.  

Carros de som contratados pelo Sindsep estão passando pelos órgãos federais da base do Sindicato tocando a música de Paulinho Moska e lembrando que o governo Jair Bolsonaro aprovou o congelamento dos salários dos servidores pelos próximos 15 anos. A mesma mensagem também está sendo veiculada pelos programas de rádio Redator Comunitário, que vai ao ar de segunda a sexta, das 6h às 7h, na Rádio Universitária FM (99,9 MHz), e Você faz a Notícia, que vai ao ar de segunda a sexta, das 5h às 7h, na Rádio Clube AM (720 kHz).    

Os servidores federais pernambucanos se somam a CUT e demais centrais sindicais em uma mobilização nacional, dessa vez também em defesa da vida, do SUS, de um plano nacional de vacinação, do emprego e de um Auxílio Emergencial no valor de R$ 600. A ideia é promover um grande lockdown no Brasil. Cada setor e categoria farão o seu protesto, com panfletagens nas praças, terminais de ônibus, trem e metrô, com carros de som; atos simbólicos; audiências públicas e uso de internet e redes sociais. 

Pernambuco terá ato de rua e ações nas redes sociais

Em Recife, haverá um ato simbólico de rua com a participação dos representantes dos trabalhadores. A concentração acontecerá, às 9h, na ponte Duarte Coelho com caminhada até o palácio do Governo. No Palácio, os trabalhadores irão entregar uma carta ao representante do governo do Estado, ratificando a necessidade de combate à pandemia do novo coronavírus, responsabilizando o governo Bolsonaro pela tragédia que já causou a morte de mais de 295 mil pessoas, declarando apoio ao impeachment do presidente e cobrando um lockdown maior e mais rígido em Pernambuco. Os manifestantes estarão usando máscaras, álcool em gel e mantendo o distanciamento social.    

Paralelamente ao ato de rua, o Sindsep-PE convida todos os servidores federais pernambucanos a promoverem ações em suas redes sociais, uma vez que Pernambuco encontra-se em quarentena. Cards do lockdown foram postados nas redes sociais do Sindicato (facebook: Sindsep-PE; twitter: @Sindsep_PE e instagram: sindsep.pe). 

"Por estarmos em lockdown, é importante que os servidores se mantenham em suas casas. Mas eles podem acessar nossas redes e compartilhar a informação sobre esta mobilização, além de diversas outras informações que postamos diariamente. Precisamos nos opor ao neoliberalismo econômico e genocida deste governo, que ataca os direitos dos trabalhadores, destruindo o estado brasileiro e causando fome e miséria ao povo", destacou o diretor de Imprensa do Sindsep, Eduardo Albuquerque. 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X