Filiado à Cut e à Condsef/Fenadsef

Notícias

Mamata: governo Bolsonaro aumentou em 70% a participação de militares em cargos civis

Fonte: Brasil 247
31/05/2022



O governo Jair Bolsonaro (PL) ampliou a mamata de militares no governo federal, mostra estudo realizado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) e divulgado nesta terça-feira (31) pela Veja. O governo Bolsonaro aumentou em 70% a presença de militares em cargos civis da gestão federal.

O relatório - “Presença de Militares em cargos e funções comissionados do Executivo Federal” - foi coordenado pela pesquisadora Flávia de Holanda Schmidt.

A pesquisa compreende o período entre 2013 e 2021, levando em conta, portanto, os governos Dilma Rousseff (PT), Michel Temer (MDB) e Bolsonaro. "Durante o período, constatou-se que a presença de militares em cargos e funções comissionadas aumentou 59%. O cálculo se refere ao quadro geral, ou seja, inclui os cargos que são naturalmente ocupados por integrantes das Forças Armadas. Quando se leva em consideração apenas o número de militares em postos civis, o aumento é de 193%, quase três vezes mais", diz a reportagem.

A partir de 2019, primeiro ano do atual governo, houve uma aceleração na participação militar. De 2018 a 2021, o número de militares na administração federal saltou de 2.372 para 3.041. Já em cargos civis, o número passou de 638 para 1.085. 

Os ministérios que mais têm a participação de militares são da Economia (84), da Justiça (50), da Saúde (40) e do Meio Ambiente (21). A presença de militares em estatais federais passou de 63 para 96, crescimento de 52%, entre 2018 e 2021.

« Voltar


Receba Nosso Informativo

X
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais