SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

(81) 3131.6350 - [email protected]

Home | Notícias

Proposta do governo para servidores do Inep e FNDE será submetida a assembleias


Confira a seguir a íntegra da proposta apresentada pelo MGI em mesa específica e que será submetida a assembleias deliberativas. Quem decide é a maioria

Publicado: 05/07/2024

Da Condsef/Fenadsef

Nessa terça-feira, 2, o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) apresentou proposta do governo para os servidores do Inep e FNDE. Em Brasília, a categoria acompanhou a reunião com mobilização em frente ao MGI. 

Como em outras mesas específicas, o MGI pontuou que a prioridade do governo agora é a recomposição salarial aos servidores federais que ficaram seis anos com salários congelados. A proposta do governo prevê reajuste acumulado em torno de 18% (com parcelas em 2025 e em 2026) para o topo da carreira, para os níveis intermediário e superior. Para o nível auxíliar, o reajuste seria de 9% em 2025 e 3,5%, em 2026.

Foi destacado pelo MGI que a intenção do governo é encaminhar proposta de recomposição salarial ao tempo da tramitação da Lei Orçamentária Anual (LOA), que se encerra no final de agosto. 

A proposta será submetida a assembleias deliberativas organizadas pelas entidades sindicais filiadas. Quem decide é a maioria.

>> Confira aqui a íntegra da proposta apresentada pelo MGI aos servidores do Inep e FNDE

Apoio do ministro da Educação

No último dia 24, o ministro da Educação, Camilo Santana, recebeu entidades, incluindo a Condsef/Fenadsef e o Sindsep-DF, para discutir carreiras do Inep, FNDE e MEC.

O ministro se comprometeu a intermediar as reivindicações junto ao MGI e à Casa Civil.

« Voltar


Receba Nosso Informativo

X