Filiado à Cut e à Condsef/Fenadsef

Notícias

Servidores federais se preparam para lançamento da Campanha Salarial 2015

05/01/2015



Nesta quinta-feira, dia 8 de janeiro, será realizado uma reunião do Fórum Nacional dos Servidores Federais – que reúne 31 entidades do setor, entre elas a Condsef - para discutir o calendário de lançamento da Campanha Salarial 2015. A expectativa é que o lançamento nacional ocorra na primeira quinzena de fevereiro. “A perspectiva para este ano pode não ser das melhores, mas se nós lutarmos, ouvirmos os chamados dos nossos sindicatos, podemos avançar. Nada para nós foi fácil, nem nunca será”, pontua a coordenadora geral do Sindsep-PE, Graça Oliveira.

Como o lançamento da campanha nacional está previsto para a primeira quinzena de fevereiro, nos dias 31 de janeiro e 1º do mês que vem deve ser realizada uma reunião ampliada com as 31 entidades que compõem o Fórum Nacional dos Servidores Federais para discutir os últimos preparativos para o evento. Uma das prioridades da campanha deste ano continua sendo a regulamentação da negociação coletiva.

Durante as eleições presidenciais do ano passado, a então candidata Dilma Rousseff se comprometeu em discutir essa demanda com a categoria. “As pessoas precisam entender que os avanços dentro de um processo negocial não significam reposições e aumentos reais, eles são importantes, mas precisamos ter uma política de Estado, como a negociação coletiva, porque através dela teremos a data-base, ou seja, legalmente uma data para haver reajustes dos salários por meio de um contrato coletivo, isso sem dúvida é um grande avanço”, explica Graça Oliveira.

Além dessa demanda, permanece no topo da lista de prioridades a luta por uma política salarial permanente com correção das distorções e reposição das perdas históricas. Aposentadoria digna é outro ponto importante entre as demandas. Para isso, os servidores reivindicam paridade entre os ativos, aposentados e pensionistas e a concessão da gratificação de desempenho para fins de aposentadoria com base na média dos cinco últimos anos da ativa. Hoje, ao se aposentar, o servidor só tem direito a 50 pontos, enquanto na ativa ele poderia chegar aos cem pontos.


Pauta de reivindicações 2015

# Regulamentação da negociação coletiva
# Política salarial com correção das distorções e reposição das perdas inflacionárias
# Paridade entre ativos, aposentados e pensionistas
# Data base em 1º de maio
# Isonomia dos benefícios com o Judiciário, Legislativo e Ministério Público da União
# Retirada, do Congresso Nacional, daquelas matérias prejudiciais aos servidores e ao serviço público, bem como aprovação das matérias que beneficiam a categoria e a Administração pública
# Extensão dos reajustes das carreiras transversais (Lei 12.277/10) a todas as carreiras e níveis
# Gratificação de desempenho dos aposentados com base na média dos pontos obtidos nos últimos cinco anos da ativa
# Incorporação de todas as gratificações
# Manter as negociações das pautas específicas da base da Condsef


« Voltar


Receba Nosso Informativo

X
Este website utiliza cookies

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência, otimizar as funcionalidades do site e obter estatísticas de visita. Saiba mais