SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Sindsep-PE dá início a mais uma série de assembleias nos órgãos federais

13/09/2019



O Sindsep-PE iniciará mais uma série de assembleias nos órgãos federais para discutir com os servidores, entre outros assuntos, as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores durante a negociação salarial no atual governo Bolsonaro e o desmonte da Previdência pública brasileira. As assembleias terão início no próximo dia 23 de setembro e se estenderão até o dia 26 deste mês (ver abaixo). 

São vários os motivos para que os servidores federais atendam ao chamado do Sindsep-PE para participar das assembleias. Primeiro, o atual governo está empurrando para o futuro ou suspendendo todas as negociações em andamento, alegando que está sem dinheiro em caixa. Além disso, vem promovendo o desmonte do serviço público, com o corte de investimentos a ponto de impossibilitar o funcionamento de órgãos e instituições de ensino, e realizando uma perseguição implacável a todos os servidores que não aceitam seus desmandos, o que vem resultando no afastamento e transferência de trabalhadores. 

Já no início do Governo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, lançou PDVs em algumas estatais e ameaçou com demissões nos órgãos federais, além de anunciar a suspensão, por tempo indeterminado, de realização de concursos públicos.

Ao contrário do que mostra a realidade, o ministro disse que a máquina pública brasileira está inchada. Para ele, seria preciso parar de admitir servidores e esperar que os 40% do funcionalismo que estão prestes a se aposentar sejam afastados dos seus postos. No entanto, se comparado a países desenvolvidos ou em desenvolvimento, o Brasil tem um número de servidores bem abaixo do satisfatório para atender a sua população. 

O governo também está preparando uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para acabar com a estabilidade dos servidores, reduzir jornadas de trabalho e salários. 

Essa proposta conterá ainda novas formas de cálculo de progressão de carreira, com o prolongamento do tempo para ascensão e redução dos salários iniciais. A PEC trata também da criação de um novo processo de avaliação de desempenho do servidor. O governo fala em meritocracia. Mas o que pretende mesmo é reduzir salários. 

Os ataques ao serviço público do país estão alinhados a política neoliberal do atual governo. A ideia é  desqualificar o serviço e o servidor público, para que a população acredite que é melhor privatizar as estatais, demitir os funcionários e privatizar tudo o que puderem. No último dia 21, o governo anunciou um pacote de privatização com 17 estatais e Paulo Guedes voltou a afirmar que pretende privatizar todas as empresas públicas de uma só vez.

A Câmara dos Deputados lançou, no último dia (03), a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público, com a participação de 235 deputados e seis senadores. Dezenas de entidades representativas de várias categorias de trabalhadores participaram da atividade. O propósito da frente é unir forças para se contrapor ao projeto de desmonte do setor público. 

Além disso, a reforma da Previdência irá afetar a todos os brasileiros, incluindo os servidores públicos da ativa, aposentados e pensionistas. 

“Por isso a importância do maior número possível de servidores participarem dessas assembleias. As centrais e sindicatos, sozinhas, não poderão derrotar esse governo. Precisamos do apoio de todos os trabalhadores brasileiros e os servidores públicos têm que dar as mãos em uma grande mobilização em defesa do patrimônio nacional, das empresas públicas, dos nossos empregos e salários”, alertou o diretor de Imprensa e Divulgação do Sindsep-PE, Fernando Lima.
 

ASSEMBLEIAS

NA PAUTA: Negociação salarial no atual governo e desmonte da Previdência 

DNOCS - ARCOVERDE
23 de setembro
9h - no DNOCS

MIN. DA SAÚDE - ARCOVERDE
23 de setembro
9h - na VI Geres

MIN. DA SAÚDE - AFOGADOS DA INGAZEIRA
23 de setembro
14h - local a ser definido (Veja nos próximos garras)

MIN. DA SAÚDE - SERRA TALHADA
24 de setembro
9h - na XI Geres

MIN. DA SAÚDE/DNOCS - SALGUEIRO
24 de setembro
14h - local a ser definido (Veja nos próximos garras)

MIN. DA SAÚDE - OURICURI
25 de setembro
9h - na IX Geres

MIN. DA SAÚDE - PETROLINA 
26 de setembro
9h - na Extensão de Endemias

IF RURAL DE PETROLINA
26 de setembro
11h - no órgão

INCRA PETROLINA
26 de setembro
14h - no órgão

IF PETROLINA
26 de setembro
16h - no órgão
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X