SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Sindsep permanece fechado até o dia 31 de maio

18/05/2020



 

Da Ascom Sindsep-PE

Não é uma gripezinha e não tem remédio para o coronavirus, por isso o Sindsep-PE,  atendendo a quarentena determinada pelo governo do Estado para conter o avanço da pandemia, estará de portas fechadas a partir desta segunda-feira, 16 de maio, até o próximo dia 31. A decisão pode ser revisada, caso as autoridades sanitárias publiquem nova orientação.

Mesmo de portas fechadas, o Sindsep continua funcionando de forma virtual, com seus funcionários executando os serviços de forma remota. "Nós temos um compromisso com a nossa base, com os nossos associados, por isso estamos a postos", diz o coordenador geral do sindicato, José Carlos de Oliveira.

O contador está recebendo os documentos para atendimento à declaração do Imposto de Renda pelos emails fredson6.6@ hotmail.com, sindsep@sindspe-pe.com.br e imprensa@sindsep-pe.com.br. É fundamental, que além dos documentos, o servidor informeum telefone para que o profissional possa fazer o contato e tirar dúvidas. Lembrando que o serviço é gratuito para os associados e vai até o dia 30 de junho.

O atendimento do Jurídico também permanece de forma online pelos e-mails:  alexandresindsep@hotmail.com, mari_regobarros@hotmail.com, marcelo.sindsep@gmail.com e carlosrjbraga10@gmail.com. Durante o atendimento, os advogados irão repassar informações sobre o andamento dos processos ou outra demanda emergencial dos filiados.  

A direção está disponível para atendimento à base pelo sindsep@sindsep-pe.com.br. Qualquer problema é só acionar os diretores que estarão de pronto para atender. A Secretaria de Imprensa também não para e estará diariamente atualizando os canais de comunicação da entidade com informações importantes e produzindo textos de interesse da base.

"Buscamos nos adaptar a essa nova realidade para atender aos nossos associados da melhor forma, com  a certeza que é uma fase, vamos vencer essa luta, vai passar", reforça José Carlos Oliveira.

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X