SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Notícias

Webinário e atos de rua em Defesa dos Servidores e Serviço Público

Fonte: Ascom Sindsep-PE
09/12/2020




A Contra-reforma Administrativa de Bolsonaro e o enterro da Constituição Cidadã de 1988: Razões para Resistir. Este é o tema do webinário que acontecerá nesta quinta-feira (10), às 15h, durante o Dia Nacional de Lutas em Defesa dos Serviços Públicos. Os interessados em participar do seminário on-line devem acessar a sala do Sindsep na plataforma Zoom por meio do ID é 980 0212 2917 e a senha: 091989. Depois da transmissão, o seminário ficará disponível nas redes sociais do Sindsep-PE: youtube e facebook. 

Os palestrantes do evento serão o secretário Geral da Condsef/Fenadsef, Sérgio Ronaldo; o secretário de Finanças da Condsef/Fenadsef, diretor da Executiva da CUT Nacional e membro da Direção Nacional do Dieese, Pedro Armengol; a supervisora Técnica do Diesse em Pernambuco, Jackeline Natal; e o assessor Técnico e Analista Político do Diap, Neuriberg Dias. A mediação será feita pela diretora do Sindsep-PE, da CUT-PE e da Condsef/Fenadsef, Elna Melo.

Durante o encontro, serão debatidos temas como os impactos econômicos e sociais da reforma, inclusive para os atuais servidores publicos, as verdades e mentiras sobre o serviço público, os ataques históricos aos servidores e ao serviço público, o retrocesso constitucional no atendimento público e a atuação sindical no combate à reforma Administrativa, além de alternativas ao projeto. 

As bases legislativas da proposta de reforma Administrativa de Bolsonaro e os malefícios que ela trará para o setor público, para os servidores e a população brasileira como um todo, a curto, médio e longo prazos também estão na pauta do debate. 

Os convidados também irão tratar dos trâmites e das perspectivas de aprovação da proposta no Congresso Nacional e da relação do projeto com a Constituição de 1988. 

Atos de rua 

Nos dias 10 e 11 de dezembro, entidades que defendem os servidores, os serviços e as empresas públicas farão atos em todo o Brasil. O Dia Nacional de Lutas contará com atos de rua, carreatas, panfletagens e intervenções culturais em diversas cidades do país, respeitando todos os protocolos de segurança e distanciamento social para evitar a disseminação do novo coronavírus. Em Recife, representantes da CUT e demais centrais sindicais irão se concentrar, a partir das 9h, na esquina da conde da Boa Vista com a rua da Soledade. Em seguida, os trabalhadores sairão em caminhada, em fila indiana, até a avenida Guararapes.

Já na sexta-feira (11), serão realizados atos em defesa das estatais brasileiras, que vêm sendo atacadas desde o golpe de 2016, primeiro pelo golpista Michel Temer (MDB), depois, pelo governo de Jair Bolsonaro, que pretende entregar à iniciativa privada e ao capital estrangeiro as principais empresas nacionais, estratégicas para o desenvolvimento do Brasil, como a Petrobras, Caixa Federal, Banco do Brasil, Eletrobrás e Correios. 
 

« Voltar

Receba Nosso Informativo

X